Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Planejamento Familiar
Início do conteúdo da página

Planejamento Familiar

Publicado: Sexta, 01 de Dezembro de 2023, 07h16 | Última atualização em Sexta, 01 de Março de 2024, 08h14 | Acessos: 204

PLANEJAMENTO FAMILIAR

 

 

 

O QUE É PLANEJAMENTO FAMILIAR?

O planejamento familiar consiste em um conjunto de ações com o objetivo de orientar mulheres e homens acerca de métodos contraceptivos, prevenção de gravidez não desejada e direito de escolha de ter filhos ou não. Para casais que desejam ser pais, o planejamento familiar orienta sobre a importância dessa organização antes da chegada dos filhos.

Neste sentido, o Exército Brasileiro aprovou as Normas Gerais Para o Programa De Planejamento Familiar no Âmbito das Organizações Militares de Saúde do Exército, regido pela Portaria Nº 91 -DGP, de 10 de outubro de 2001. Com o objetivo de propiciar orientações e informações adequadas sobre Planejamento Familiar aos militares, dependentes e pensionistas do Exército.

Além de contribuir por meio da orientação para que o casal tenha sua vivência da sexualidade com segurança e saúde, o foco de entender o que é planejamento familiar é também sinônimo de bem-estar físico e mental de mulheres e homens.

 

 

LEI DO PLANEJAMENTO 

As medidas para executar esse plano são consideradas um direito previsto em lei para homens e mulheres com amparo na Lei do Planejamento Familiar (Lei nº14.443 de 2022), que reduziu de 25 para 21 anos a idade mínima de homens e mulheres para esterilização voluntária.

 

 

QUAL O OBJETIVO DO PLANEJAMENTO FAMILIAR?

 

O objetivo do planejamento familiar, em termos práticos, é garantir que mulheres e homens tenham acesso a ações de assistência a contracepção, concepção, pré-natal, parto, puerpério e saúde do recém-nascido, controle de doenças sexualmente transmissíveis e de câncer – cérvico-uterino, de mama, de próstata e de pênis.

 

 

PORQUE O PLANEJAMENTO FAMILIAR É IMPORTANTE?

 

O planejamento familiar vai além da orientação: ele é fundamental para que, individualmente ou como casal, as pessoas tenham acesso às melhores opções para que seus planos se realizem da forma como desejam.

Ao se organizar e planejar o futuro, toda a família sai ganhando, já que a pessoa ou o casal poderá aproveitar cada etapa da vida com qualidade e saúde, além de contar com muito mais segurança em caso de imprevistos, seja financeiro, seja de saúde.

 

 

QUERO ADERIR AO PLANEJAMENTO FAMILIAR. O QUE FAÇO?

 

O primeiro passo para definir o planejamento familiar é o diálogo. Conversar com o (a) parceiro(a) é fundamental importância para identificar os pontos em comum do casal, entender se é de interesse de ambos ter filhos, quando pretendem e se estão preparados para ser pais, além de definir o uso – ou não – de métodos contraceptivos.

Definir os objetivos e os desejos do casal e individualmente, é o primeiro passo para o Planejamento Familiar. Para isso, a sinceridade é peça fundamental. Apenas depois da conversa é iniciada a busca pelas ações de saúde do planejamento familiar.

Após esse diálogo, conversar com o seu médico é fundamental. Agende uma consulta com o profissional de saúde (ginecologista/urologista) para discutir os primeiros passos para ser inserido no Programa de Planejamento Familiar.

 

 

 

ESTOU COMO DÚVIDAS SOBRE O PROGRAMA DE PLANEJAMENTO FAMILIAR. ONDE POSSO TIRAR DÚVIDAS?

 

Entre em contato com o Serviço Social, por meio do número de telefone: (71) 3324-3297 e tire todas as suas dúvidas.

O Serviço Social funciona de Segunda a Quinta-feira: das 07:30 h às 13:30 h e Sexta-feira: das 07h às 12h.

Fim do conteúdo da página